13ª Enxaguada du Bonfim lotou o Museu du Ritmo nessa quinta-feira

Durante as cinco horas ininterruptas de show, Carlinhos Brown recebeu grandes nomes da música brasileira como convidados especiais, proporcionando ao público um lindo, e sagrado, espetáculo. Além dos já programados shows de Mariene de Castro, Nelson Rufino, Diogo Nogueira e Parangolé, o público teve o prazer de curtir o encontro de Brown com Alexandre Carlo, o vocalista do Natiruts, e com a cantora Luciana Mello, que embalou a festa ao som do seu sucesso “Simples Desejo”. Quem fez a apresentação de abertura foi a banda Didá, posicionada na pista, misturando-se ao calor humano de todos os presentes. Tudo isso envolto pelo belo cenário que o Museu du Ritmo oferece.

Um dos pontos altos da Enxaguada du Bonfim, foi o momento em que o artista fez acontecer uma procissão dentro do local. Na frente, uma mãe senhora carregava a imagem do Menino Jesus, seguida pelo anfitrião e o belo cortejo de baianas. Durante o percurso, Carlinhos fez um discurso mostrando ao público o quão ele considera sagrado aquele momento especial. Na sequência, cantou um hino que compôs para Santa Dulce.

“E essa fé se redobra pelo fato de que comemoramos também esse caminho da fé que sempre foi traçado pela presença ilustre desse caminhar do Cristo a cruz e que nos liberta há muitos anos. A enxaguada festeja também o santo sudário, o momento que Verônica enxuga o rosto de Jesus enquanto ele se dirigia ao calvário e seu rosto se estampa”, enfatiza Carlinhos Brown.

Dentro do vasto e eclético repertório de Brown, sucessos como “Você, o amor e eu”, “Carnavália”, “Ashansú”, “Todo Menino é um Rei”, em dueto com Nelson Rufino, “Na Ilha Grande”, “Quixabeira”, em dueto com Mariene de Castro, “Paixão de Rua”, sua mais nova canção em alusão aos amores do carnaval, “Alguém me avisou”, em dueto com Diogo Nogueira, “Faraó”, “Alegria Original”, e “Mimar você”, que Brown cantou com Tonny Sales, cantor do Parangolé.

Fotos: Lucas Leawry

Compartilhe essa postagem