Arte e inclusão: veja como o “Integrar” atua no desenvolvimento de seus pacientes

Com foco no desenvolvimento pessoal e profissional dos seus pacientes, o Centro Integrar também valoriza os artistas com diagnóstico de desenvolvimento atípico, expondo as obras deles na sua ampla sede situada no bairro do Caminho das Árvores.

Aleph Ayres, soteropolitano, 30 anos, diagnosticado como portador da Síndrome de Asperger (Transtorno de Espectro Autista – TEA) é um dos artistas plásticos contemplados pelo espaço. Ele utiliza diversos materiais em suas criações e conta com o auxílio de seus pais para digitalização e reprodução das obras para venda. No seu portfólio constam exposições locais e também no México.

conheça: @centrointegrarsalvador @alephayresfratel


Equipe Canal In

Repórter / Editor: Ricardo Henrique

Foto: divulgação

Compartilhe essa postagem