Com público de 250 mil, primeira noite do festival tem redução de ocorrências e baixa na grade

Apesar do número expressivo de 250 mil pessoas – segundo a prefeitura, a primeira noite do Festival Virada Salvador teve redução do número de ocorrências. Segundo o órgão, não houve casos de situações mais graves envolvendo violência. A Guarda Civil Municipal (GCM), por exemplo, contabilizou apenas quatro ocorrências, contra 6 registros em 2018. A festa ainda contou com uma “baixa” em sua grade oficial, já que a dupla Matheus e Kauan não fizeram seu show. Isso porque o sertanejo Matheus passou mal quando embarcava no aeroporto de Guarulhos rumo a Ilhéus. O artista segue em observação no Hospital Sírio Libanês, e seu estado de saúde não foi revelado.

O módulo assistencial à saúde montado na Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio, realizou 116 atendimentos, mas a maioria deles em função de náuseas, cefaleias e intoxicação alcoólica. Apenas dois pacientes necessitaram de transferência para unidades de saúde de retaguarda para exames e consultas especializadas.

Já no palco, Iza abriu a primeira noite de festa e trouxe seus sucessos que consagraram sua carreira em 2019. Depois o Dj Vintage Culture que empolgou o público com sua música eletrônica. Em seguida, Claudia Leitte fez prévia do carnaval com show elétrico repleto de axé. Depois da musa, o  veterano em trios elétricos, Bell Marques, veio com repertório cheio de clássicos dos seus mais de 40 anos de carreira. Quem encerrou a noite foi o forrozeiro Xand Avião.

Hoje (29) a expectativa está em volta da apresentação da cantora Anitta e de Luan Santana. Mas a noite ainda reserva show de Durval Lelys, Paralamas do Sucesso, Simone e Simaria e a banda de pagode baiana Lá Fúria.

Equipe Canal In

Repórter / Editor: Ricardo Henrique 

Fotos: Secom / divulgação 

 

Compartilhe essa postagem