ELZA SOARES SE APRESENTA EM SALVADOR E ESCANCARA AS FERIDAS DO BRASIL COM “DEUS É MULHER”

 

Elza Soares despejou sobre o público baiano todas as indignações, desejos e protestos que sua garganta carrega. A cantora esteve em Salvador na noite desta sexta-feira (12) para apresentar no Teatro Castro Alves a turnê do seu novo disco “Deus é mulher”.

O trabalho é o 33º álbum dos mais de 60 anos de carreira da carioca, que foi considerada pela BBC Londres em 1999 como a Cantora do Milênio.

“Deus é mulher” denuncia o racismo e intolerância religiosa nas canções “Exu nas Escolas” e “Credo” e a violência contra a mulher em “Dentro de cada um”. Essa é uma das vertentes que a cantora combate desde seu relacionamento conturbado com o futebolista Garrincha, em que revelou que sofria agressões.

Influenciada pelo movimento feminista, Elza também ecoou no palco a liberdade sexual da mulher com “Eu quero comer você”, quarta faixa do disco. “A mulher pode dar pra quem quiser, comer quem quiser, e fazer isso quando bem entender. Agora é a vez da mulher! Deus é mulher!”, comemorou!

Aos 88 anos, a cantora do milênio já não tem o mesmo vigor físico. Enfrentando um grave problema na coluna, Elza mostrou que, diferente do seu corpo preso a uma cadeira de rodas, sua voz continua livre, sem limites e transcendental.

 

 

Equipe Canal In

Repórter / Foto: Lucas Gomes

Editor: Ricardo Henrique

Compartilhe essa postagem