Itacaré realizou no período de 13 a 15 de junho o 1º Fórum de Turismo, com o tema “Qual o Turismo que Queremos?” 

 

A Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Turismo, realizou no Villa Ecoporan Hotel,  no período de 13 a 15 de junho o 1º Fórum de Turismo, com o tema “Qual o Turismo que Queremos?”. O evento contou com palestrantes profissionais renomados das mais diversas áreas. O evento contou com du​a​s grandes palestras de  abertura com o tema “Destino Peru – Marketing Digital e Gastronomia”, com Milagros Ochoa, do escritório comercial do Peru no Brasil. Logo depois aconteceu a palestra com o tema “Brasil, a retomada do crescimento hoteleiro”, com Manoel Linhares, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis.

Para o Prefeito de Itacaré Antonio de Anízio o Fórum de Turismo foi uma grande oportunidade para Empresários, Comunidades e Poder Público conhecer as principais tendências de turismo e trabalharem a grande diversidade que o turismo de Itacaré, a exemplo da região de Taboquinhas com suas cachoeiras, aventuras e fazendas de cacau.

No dia 13 a programação contou com o painel ” Governanças Turísticas: Desafios e Sustentabilidade” com a abordagem sobre “experiência de sucesso de instâncias de governança turística”, com Cícero Peralta, presidente do COMTUR de Bonito – MS; “As políticas públicas de turismo como oportunidades de desenvolvimento do destino – análises de casos concretos”, com Fabrício Amaral, Consultor do SEBRAE e “Importâncias das Instâncias de Governanças Locais e Regional “, com Cida Aguillar, presidente da Câmara de Turismo da Costa do Cacau e Margarida Claudia, presidente do COMTUR Itacaré. Painel ” Inteligência Empresarial em Turismo e Hotelaria”, abordando temas como “O que estou fazendo para ampliar minhas vendas e fidelizar meu cliente – Gestão por indicadores, marketing e vendas”, com Christiano Penna, Consultor do Sebrae; “5 Passos para Aumentar a Rentabilidade do seu Hotel”, com Rodolfo Delphorno, gerente nacional de Vendas da OMNIBEES, “Sistema Nacional de Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur 3.0), Controle e Certificado de Qualidade para os Meios de Hospedagem”, com Isamara Moura, da Secretaria de Turismo do Estado da Bahia e “Google Meu Negócio: Relevância em presença Digital”, com Lupércio Oliveira. No final do dia as Operadoras Azul Viagens, CVC Corp e a Flytour realizaram com Empresários Locais uma grande rodada de negócios.

A proposta desse evento, segundo explicou o secretário de Turismo, Júlio Oliveira, é compartilhar as experiências, ampliar os conhecimentos nessa área, vivenciar os casos de sucesso e possibilitar a integração com agentes e profissionais brasileiros renomados, motivando os agentes locais do turismo a refletirem sobre o turismo melhor para todos.

Já no dia 14 o Fórum contou com a palestra motivacional: Turismo Voluntário e Consciente: Uma nova tendência –  Mariana Serra -Co-fundadora da Volunteer Vacations (VV). Painel ” Turismo de Experiência: Potencialidades e Desafios”, Visitação em áreas naturais: a experiência das Cataratas no Parque Nacional do Iguaçu (Paraná) e do Bondinho do Pão de Açúcar (Rio de Janeiro) – Marcelo Skaf – Diretor da MSkaf – Consultoria Ambiental e Expedições, Turismo em Unidades de Conservação: potencialidades e desafios  – Diogo Gomes – Diretor Acadêmico do IFBAIANO – Uruçuca  e  Patrimônio Histórico Cultural como ativo econômico e social através do turismo de experiência – Liliana Leite – Diretora Executivo do IDES . O evento foi finalizado com o  Painel “Gestão de Destinos Turísticos Inteligentes e Inovadores” com as palestras: Empresas e Destinos Turísticos Inteligentes: como fazer parte desta nova era ? – Marta Poggi – Consultora do SEBRAE, Projetos de automação de plataformas digitais de Maceió – Graziella Fritscher –  Diretora de Marketing da Secretaria de Turismo de Maceió – AL e A Indústria Criativa a Serviço do Turismo – Rubia Frizzo – Ex Secretária de turismo de Gramado e de Caxias -RS.

O evento prosseguiu  até o dia 15 de junho com a realização de uma Visita Técnica pelo Centro Histórico de Itacaré, comunidade quilombola de Porto de Trás, Centro Cultural do Porto de Trás e região de Taboquinhas.

O Fórum contou com o apoio da Conselho Municipal de Turismo, Sebrae. SPHA, Ecoporan Hotel, FLEM – Fundação Luís Eduardo Magalhães e Governo da Bahia/Secretaria Estadual de Turismo.

 

CRÉDITO: ASCOM ITACARÉ​

 

 

Compartilhe essa postagem