Mart’nália interpreta clássicos de Vinicius de Moraes em Salvador

Se não fosse Vinicius de Moraes (1913-1980), depois de uma “Tarde em Itapuã”, talvez, nossas memórias não se inundassem de nostalgia, ou, quem sabe, as declarações e bilhetes de amor não houvesse tanta profundidade por não terem sido encorajadas pela canção “Eu sei que vou te amar”. Esses e outros clássicos do poeta carioca foram interpretados e reinventados pela cantora Mart’nália, que apresentou na noite deste sábado (18) no Teatro Castro Alves o seu novo disco “Mar’tnália canta Vinicius de Moraes”.

Nascida no berço esplêndido da música popular brasileira, a cantora é filha do sambista Martinho da Vila e desde a infância esteve em contato com grandes artistas. Inclusive, seu pai era grande amigo de Vinicius. Ela contou que sempre admirou o compositor e que dedicar um álbum a ele era um desejo que se tornou latente quando foi convidada a cantar a música “Sei lá” em um documentário sobre sua trajetória.

No palco, Mar’tnália se divertiu: sambou, batucou, e não hesitou em imprimir sua personalidade nas letras consagradas do ícone da bossa-nova. Com seu timbre rouco e malemolente, cantou a canção “Sabe você” acompanhada do piano, arriscou o francês em “Insensatez”, música que no disco faz dueto com a cantora italiana Carla Bruni, e emocionou com os versos românticos de “Eu sei que vou te amar”. Mar’tnália admitiu que não estava nos planos gravar a canção: “Não queria gravar essa música por que achava ela muito batida. Mas meu produtor Arthur Maia (in memoriam) insistiu e Maria Bethânia gravou um soneto e eu fiquei rendida”, disse.

Acompanhada de Jorjão Barreto (vocal e teclados), Humberto Mirabelli (violão e guitarra), Rodrigo Villa (contrabaixo), Flavio Santos (bateria), André Siqueira (percussão) e Analimar Ventapane (vocal), Mar’tnália segue com a turnê em outras cidades brasileiras.

 

Equipe Canal In 

Repórter e Fotos: Lucas Gomes 

Editor Ricardo: Henrique 

 

Compartilhe essa postagem