Quatro décadas de carnaval: Bloco Malê Debalê desfilará sua tradição na folia de 2019.





O bloco realizou uma coletiva de imprensa para apresentar as novidades para o carnaval do próximo ano



O som do batuque ecoou no Wish Hotel da Bahia na manhã desta terça-feira (28) e anunciou a presença de um dos maiores blocos tradicionais de Salvador para o carnaval de 2019, o Malê Debalê. Nesse clima de carnaval fora de época que foi realizada uma coletiva de imprensa para apresentar as novidades do bloco para o carnaval do ano que vem. No evento estiveram presentes integrantes e associados da agremiação além de jornalistas e figuras públicas, entre elas o Vovô do Ilê e a política Olívia Santana.

 

Na ocasião também foram apresentados o rei e a rainha do bloco, que são escolhidos anualmente através de um edital de concurso no qual qualquer pessoa pode participar. Depois de ter desfilado neste ano com um tema voltado ao poder feminino, a proposta do bloco para 2019 é de valorizar as suas raízes e apresentar de maneira mais didática a sua história através do tema: “Debalê, uma nação chamada Malê”.

Há quase 40 anos entoando suas canções que fortalecem a identidade negra, o Malê Debalê foi fundado na década de 70 no bairro Itapuã e é um dos poucos blocos carnavalescos que preserva a tradição africana e realiza projetos socioeducativos como o “Malêzinho”, que promove a arte e a dança entre as crianças e adolescentes, perpetuando assim seu patrimônio para novas gerações.

 

 

Todo mundo já deve ter se perguntado: Afinal, o que significa Malê ? O Presidente do bloco, Cláudio Araújo, explicou que a palavra Malê foi pega emprestada de um movimento religioso que aconteceu no século XVIII e já foi usada no vocabulário baiano.


O presidente ainda ressaltou que o bloco serviu de inspiração para outros blocos como o Cortejo Afro e falou da importância que o Malê possui para os baianos “Queremos mostrar para a cidade de Salvador que detemos o poder no carnaval, que nossa história ainda se perpetua aonde quer que estejamos, porquê o Malê é do nosso povo” defendeu o presidente.

 

 

 

Equipe Canal In

Repórter: Lucas Gomes

Fotos: Reginaldo Silva / Canal In

Editor Chefe: Ricardo Henrique

Compartilhe essa postagem