SEMINÁRIO VIRTUAL DE LITERATURA REÚNE AUTORAS DE DIVERSOS ESTADOS DO BRASIL

O projeto Lendo Mulheres Negras realiza evento virtual em comemoração ao dia internacional da mulher negra latino americana e caribenha

Entre os dias 24 e 26 de julho, o projeto Lendo Mulheres Negras realiza seu I Seminário Escrita e Pensamento de Mulheres Negras. A ideia inicial era realizar este encontro em Salvador, trazendo grandes escritoras e pesquisadoras negras para falar de suas obras, processos criativos, desafios do mercado editorial e tantas outras nuances do setor de produções literárias.

Durante os últimos três meses, a equipe se reuniu para desenhar qual seria o formato ideal para não deixar de realizar o seminário, e definiu que as mesas temáticas seriam apresentadas no canal do projeto Lendo Mulheres Negras no Youtube. 

As noites de debate terão as participações deAriadne Catarine, Fernanda Miranda, Verônica de Souza, Cristian Sales, Tati Nascimento, Mano Barbosa, Cristiane Sobral, Elizandra Souza e Esmeralda Ribeiro, as baianas Aidil Araújo Lima, Calila das Mercês e Lívia Natália, e na mesa finalCamilla Dias, Ryane Leão e Carolina Rocha.

Além disso, serão realizadas duas masterclassescom temas importantes para a luta antirracista dentro da literatura brasileira, bem como o incentivo à produção poética amadora. Dia 24 o assunto abordado será “Quantas autoras negras você já leu?”, apresentado pelas fundadoras do projeto Adriele Regine e Evelyn Sacramento, e no dia 26 a escritora Cristiane Sobral ministra a oficina de escrita criativa para poesia. Outras informações sobre investimento, carga horária e certificado estão disponíveis no site.

Durante o seminário, também poderão ser discutidos trabalhos em estágio avançado de desenvolvimento ou pesquisas concluídas por mulheres negras interessadas nas abordagens teórico-metodológicas relativas a população negra, literatura, linguagem, escrita e narrativas. Os detalhes e requisitos para envio destes trabalhos também foram disponibilizados no edital, dentro do site do projeto.

E para finalizar a série de ações que permeiam as comemorações do dia 25 de julho, o Lendo Mulheres Negras oferece também o seu espaço virtual para que artistas ou produtores culturais nas áreas de música, teatro, dança, poesia, contação de histórias ou categorias afins apresentem suas performancesem uma das plataformas ocupadas pelo projeto (Youtube, Instagram ou Facebook) também nos dias 24, 25 e 26 de julho.

Vale ressaltar que o projeto tem como objetivo principal dar visibilidade às produções de mulheres negras, cis ou trans. E por isso, é importante respeitar essa premissa para submeter seus trabalhos de pesquisa ou apresentações de artes. As inscrições para o seminário, masterclasses, grupos temáticos ou intervenções artísticas podem ser feitas através do perfil no instagram@lendomulheresnegras ou no link https://linktr.ee/lendomulheresnegras

Compartilhe essa postagem