TIM antecipa tendências e muda sede em Salvador


Conectados às mudanças acarretadas pela pandemia, operadora remodelou ambiente dos escritórios. Novas sedes regionais estão alinhadas a conceitos de sustentabilidade, inovação e acessibilidade, melhorando também o conforto do colaborador

Modernidade, inovação, economia e experiência do colaborador. Esses foram os pilares que nortearam a TIM na reforma dos escritórios regionais em várias cidades do Brasil. Desde março em home office, em razão da pandemia do novo coronavírus, os profissionais que atuam nos escritórios administrativos da operadora irão encontrar ambientes de trabalho totalmente reformulados quando voltarem às atividades presenciais. 

Em Salvador, algumas equipes estão retornando esta semana para o escritório,localizado no coração da cidade. Um prédio histórico, vizinho ao Elevador Lacerda e ao Mercado Modelo, abriga a nova sede. A edificação fica no bairro do Comércio e dialoga diretamente com a identidade arquitetônica da região. Os colaboradores que optaram pelo trabalho presencial passaram antes por análise de profissionais de saúde.  

As mudanças fazem parte de um projeto institucional da companhia, chamado de “Renova TIM”, cujo objetivo é destacar a experiência e o conforto dos colaboradores. A iniciativa busca oferecer o que há de mais inovador em termos de infraestrutura e serviços integrados para proporcionar um ambiente de trabalho com mais qualidade. A proposta arquitetônica e de design se estende para todos os escritórios regionais da TIM Brasil, localizados em São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Curitiba.

 “Estamos alinhados com a dinâmica e com as práticas mais atuais para oferecer um espaço de trabalho confortável e eficiente para nossos colaboradores, com infraestrutura moderna e de baixo impacto ambiental. Além de melhorar a rotina, ambientes inteligentes também geram economia, por exemplo, com menor consumo de energia”, afirma o Gerente Sênior Nacional de Facilities & Operations, Bruno Schmidt.

A sede da Bahia, primeira entregue no Nordeste, tem 502 m² e capacidade para 56 posições de trabalho. Adaptado a todas as mudanças trazidas pelo combate à pandemia, o prédio segue todos os protocolos de segurança. Além disso, as novas sedes são totalmente acessíveis, com mesas elétricas, piso tátil, rampas e espaços amplos para circulação de cadeirantes.

Na primeira fase do projeto, criado pela equipe de arquitetura da AKMX e executado pela 4 Engenharia, foram reformadas as áreas internas. A próxima etapa será a revitalização da fachada, no final de janeiro, seguindo a proposta da Prefeitura de Salvador, que segue com a revitalização do bairro do Comércio, importante patrimônio histórico e cultural da região.

Ainda:  Na capital pernambucana, a sede muda de endereço. Sairá de Jaboatão dos Guararapes para a Zona Sul do Recife, próximo ao Shopping Recife. Localizado em um dos mais importantes pontos da cidade, o novo escritório tem acesso facilitado e mais conforto para os colaborares.

Com infraestrutura mais eficiente e sustentável, o prédio conta com o uso racional dos recursos naturais. Para economizar energia, o local usa automação de luz com led e ar-condicionado, além do uso de materiais sustentáveis. O projeto tem 850 m² e capacidade para 114 postos de trabalho.

O projeto da AKMX explora o espaço de forma inteligente. O destaque fica por conta das chamadas posições flexíveis, que permitem liberdade para os funcionários se sentarem onde desejarem, e não mais em baias, como anteriormente.

Equipe Canal In

Repórter / Editor: Ricardo Henrique

Foto: divulgação

Compartilhe essa postagem