Um novo conceito de cafeteria será inaugurado em Salvador.

 

 

Empresária aposta em modelo já consolidado em outras capitais

 

 

Chega à capital baiana, nos próximos dias, o Ravel Café, um espaço que oferecerá um novo conceito no cenário gastronômico de Salvador, fazendo parte da chamada “Terceira Onda do Café” ou “Third Wave Coffee“. O termo, que surgiu em meados do ano 2000, já é um movimento forte nos Estados Unidos e Europa, e aos poucos vem crescendo na América do Sul.

A “Terceira Onda” tem por conceito sair do simples ato de tomar café e apresentar uma experiência mais ampla ao consumidor, que envolve toda cadeia produtiva (plantação, cultivo, colheita, armazenamento, torrefação, métodos de preparo) até chegar na xícara. O resultado é um produto diferenciado e com muito mais qualidade.

Para a barista e proprietária do Ravel  Café, Selma Lemos, será uma nova perspectiva para quem curte a bebida. “Nosso objetivo é levar aos consumidores sabores perfeitamente orquestrados”, explica Selma.

O Ravel Café  promete oferecer uma imersão no universo dos cafés especiais e a integração com arte e cultura, sendo um espaço onde será possível apreciar um café com um aroma e sabor muito mais apurado, como já expressa no nome do estabelecimento, uma homenagem ao Bolero de Ravel.

Compartilhe essa postagem