Caravana do 1° Festival de Capoeira percorrerá regiões da Bahia

Enquanto o ‘1º Festival de Capoeira: ancestralidade e resistência’ não tem início, os organizadores do evento e outros praticantes estão percorrendo o estado numa caravana que promete muitos aprendizados e vivências sobre essa arte brasileiríssima.
Nesse final de semana, o Capoeira em Movimento Bahia (CMB) estará no município de Santo Amaro da Purificação (72 km de Salvador) participando do Projeto Revitaliza Para Não se Perder no Tempo, realizado pelo Mestre Macaco.

A atividade – que prossegue até o dia 30 – tem uma extensa programação, que contemplará oficinas de Maculelê, Samba de Roda, Capoeira, Dança Afro, Cânticos, além dos passeios à Praia do Sol (Cabuçu) e cachoeiras.

A programação da Caravana do 1º Festival de Capoeira foi iniciada no dia 23, quando os membros do CMB estiveram em Pataíba, distrito do município de Água Fria (146 km da capital), no evento “Venha Ver Dendê 2022”, organizado pelo professor Tikinho, aluno do saudoso Mestre Kako, fundador da Associação de Capoeira Esquiva Menino (ACEM).

De acordo com o coordenador do CMB Jurandir Júnior (Jacaré DiAlabama), as viagens e visitas aos grupos tradicionais espalhados no interior da Bahia têm como meta promover o Festival e articulação das políticas públicas, que será realizado entre os dias 10 e 13 de março, em Salvador.

“Além disso, a caravana busca incentivar a mobilização dos praticantes dessa arte na luta por direitos e espaços no âmbito da educação, cultura e economia, entre outros”, pontuou. Jacaré DiAlabama fez questão de destacar que foi graças a lutas assim que a Bahia conseguiu garantir a aprovação de leis como a Moa do Katendê, que assegura o ensino da capoeira nas escolas.

Em Santo Amaro, o CMB participará ainda de uma audiência com a prefeita Alessandra Gomes (PSD) para discutir políticas públicas e o apoio ao Festival, além de uma reunião com os capoeiristas locais para acertar a participação em março.

Para saber mais, fique atento às redes sociais do CMB no Instagram e Facebook, que convida os amantes dessa arte brasileiríssima a abrir a roda e gingar. As inscrições para o ‘1º Festival de Capoeira: ancestralidade e resistência’ podem ser feitas através do site https://festivaldecapoeira.com.br/

Equipe Canal In

Repórter: Lucas Gomes

Editor: Ricardo Henrique

Foto: divulgação

Compartilhe essa postagem