Faculdade baiana terá alunos em Tóquio

A Estácio deixará sua marca em um dos principais eventos esportivos do planeta, que terá início em 23 de julho, em Tóquio, Japão. Em parceria com o Comitê Olímpico do Brasil, a faculdade levará alunos do curso de Gastronomia para atuarem junto à equipe responsável pelas refeições dos atletas brasileiros.  

Acompanhados pelos professores Laura Kioko Ide, Kelly Ishida e Leonardo Hortencio, os estudantes poderão colocar em prática todo o conhecimento aprendido até o momento na Estácio e, ainda, participar de uma grande experiência profissional e pessoal, junto ao Chef Allan Salles. Ao todo, mais de 300 atletas farão parte da delegação brasileira.  

Na faculdade, os alunos de Gastronomia são preparados para desenvolver a culinária criativa e atuar nos mais diversos campos existentes na área. Participar de um evento grandioso como este certamente dará aos nossos alunos representantes uma experiência sem igual, que irá marcar suas carreiras e suas vidas”, declara Claudia Romano, vice-presidente de Relações Governamentais, Institucionais e Sustentabilidade da Estácio.  

A alimentação é um dos grandes desafios da operação do COB. Prevemos preparar mais de 24 mil refeições para uma delegação de cerca de 700 pessoas e a contribuição da Estácio nesse processo é fundamental. Para o COB, é muito gratificante poder contribuir com a formação de profissionais e também disseminar os Valores Olímpicos, que tanto inspiram”, diz a diretora de Comunicação e Marketing do COB, Manoela Penna.

O treino e a preparação física são fundamentais para um excelente desempenho dos atletas nas competições. E uma alimentação de qualidade também é importante nesse cenário. “Estar do outro lado do mundo, sabendo que, de alguma forma, poderei contribuir para o bem estar dos nossos atletas aquece o coração e traz uma sensação de patriotismo sem igual”, declara o piauiense Fernando Almondes, aluno da Estácio em Salvador.  

Para Gustavo Leandro, aluno da Unidade Praça XI, sua ida à Tóquio é a coroação de que escolheu o curso certo. “Me tornei bancário por acaso há cerca de dez anos. Mas, agora, vejo que estou me reencontrando profissionalmente na Gastronomia e me emociono sempre que penso na oportunidade que terei em um dos maiores eventos do mundo”, comemora. 

Equipe Canal In

Repórter: Lucas Gomes 

Editor: Ricardo Henrique 

Foto: divulgação 

Compartilhe essa postagem