FEIRA DE ADOÇÃO “PETS ESPECIAIS” MOVIMENTARÁ ESTAÇÃO NOVA LAPA 

O evento será realizado no Dia Nacional da Adoção, 25 de maio, e chama a atenção do público para a adoção responsável de animais idosos e com deficiência.


Quando o assunto é a adoção de pets, geralmente a imagem que se tem é de um animal sem raça definida (SRD), popularmente conhecido como vira-lata, saudável e com muita energia. Mas, você já parou para avaliar que também é possível adotar animais idosos ou com algum tipo de deficiência? Esta é a mobilização que será feita para dar visibilidade ao tema durante a Feira de Adoção Pets Especiais – Amor sem limites, que acontece no próximo dia 25 de maio, Dia Nacional da Adoção, das 10h às 15h, na Estação Nova Lapa, com pets do abrigo Aumigos. A iniciativa é uma realização da Agromix – Pet Center, que promove feiras de adoção de animais há três anos em Salvador, sendo a primeira dedicada aos pets especiais que costumam permanecer por mais tempo nos abrigos. 

“A ideia do evento é mobilizar a população sobre a importância do cuidado com os animais de estimação, independente de raça, idade, gênero ou estado de saúde. Nós também precisamos falar sobre os pets idosos e com algum tipo de deficiência porque todos eles merecem ser bem cuidados e amados sem limite. A Agromix alinha seu propósito à responsabilidade social, por isso, a cada pacote de ração vendido em nossas lojas, doamos refeição pet a um abrigo de animais como o Aumigos, nosso parceiro nesta ação”, afirmou o diretor da Agromix, Elder Macedo.

Na Estação Nova Lapa, por onde circulam diariamente cerca de 400 mil pessoas, o público poderá conhecer seis pets especiais, cães sem raça definida, que estão disponíveis para a adoção, todos castrados e vacinados: Cristal, Pintada, Nina, Clara, Pepe e Moisés. “O Aumigos acolhe atualmente cerca de 500 animais, sendo que 95% não têm raça definida e 15% são idosos com algum tipo de doença crônica, como cardiopatias, problemas oculares e insuficiência renal. Todos estão disponíveis para a adoção, mas hoje nossa maior dificuldade é que, de uma forma geral, nem 10% da nossa população são adotados. Isso significa que a maioria vai passar uma vida inteira no abrigo, sem a oportunidade de ter a convivência com uma família”, afirma a cofundadora do Aumigos, Gilce Santana. Ao longo de 2020, 83 animais sob os cuidados do Aumigos foram adotados. No ano seguinte, 65, e em 2022, até o momento 26 animais.

“O envelhecimento em si é um processo fisiológico. Por serem idosos, os animais também necessitam de um desdobramento de atenção em saúde. Mas, todos podem amar e se apegar a alguém que cuide deles com carinho. Quem adota um animal sênior também poderá construir um laço de intimidade tal qual se cria com um filhote. A memória de um cão, por exemplo, é um grande traço de sua inteligência. Com gentileza e afeto, rapidamente você cria um vínculo com um animal que teve pouquíssima atenção ao longo de sua existência”, explica a médica veterinária Gabriela Lima da Clínica e Hospital Veterinário Planeta Animal.

Com uma população de 54,2 milhões de cães, 39,8 milhões de aves canoras e ornamentais,  23,9 milhões de gatos, 19, milhões de peixes e de 2,3 milhões de outras espécies totalizando 139,3 milhões de bichinhos, o Brasil é o terceiro país em número de pets segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). Somente no ano passado, segundopesquisa do Radar Pet 2020, houve um aumento de 30% do total de animais de estimação no Brasil – sendo que 53% dos domicílios brasileiros possuem cães ou gatos. Ainda segundo o Radar Pet, entre os animais nos lares, 33% dos cães e 59% dos gatos foram adotados.

Tutor ou Padrinho?–Quem tiver interesse em adotar um animal do abrigo Aumigos precisa ter mais de 18 anos, renda própria e passar por uma avaliação. Na entrevista, as gestoras vão querer saber sobre o lugar em que o animalzinho vai morar, os hábitos de seu futuro tutor e sua relação afetiva com os animais de estimação, visando à segurança do animal. Durante a pandemia, o Aumigos chegou a adotar, em média, até 20 animais por feira de adoção.

No Aumigos, também é possível aderir de forma voluntária ao programa de apadrinhamento do abrigo. Nesse caso, os padrinhos e madrinhas tanto podem ajudar a custear as despesas do animal com o qual se identifiquem – como alimentação, tratamento de saúde e compra de medicamentos – como também poderão dispor de seu tempo para passear com o bichinho e fazer atividades externas. Ainda é possível conviver com ele por períodos curtos, como um final de semana ou um turno do dia. 

Causa Animal –  Além da sociedade civil organizada, cresce a atenção e cuidado com os animais por outros segmentos sociais numa onda de valorização da causa animal. “Decidimos apoiar o evento para conscientizar a população sobre a importância do olhar de cuidado para os pets abandonados. Na Estação Nova Lapa vivem quatro cães retirados das ruas que recebem suporte dos funcionários da Nova Lapa e acompanhamento com veterinário. Temos um projeto chamado Sorriso para levar cuidado e atenção aos animais que circulam pela Estação. Nosso objetivo é estimular uma convivência saudável entre os usuários do terminal e os animaizinhos que passam pela Lapa”, afirmou Joy Souza, do Comercial de Mídia da Nova Lapa.

Como cuidar de Cães e Pets Especiais

– Controle do peso: alimentação balanceada e adequada à idade;

– Saúde mental: rotina diária de atividade física e de brincadeiras controlam a senilidade;

– Saúde física: vacinação em dia e visitas periódicas ao veterinário;

– Saúde emocional: rotina de amor, carinho e atenção

S E R V I Ç O: FEIRA DE ADOÇÃO PETS ESPECIAIS – AMOR SEM LIMITE

Data: Quarta, 25 de maio (Dia Nacional da Adoção)

Local: Estação Nova Lapa

Horário: 10h às 15h

Realização: Agromix – Pet Center

Apoio: Clínica e Hospital Veterinário Planeta Animal e Estação Nova Lapa

Equipe Canal In

Repórter / Editor: Ricardo Henrique

Foto: divulgação

Compartilhe essa postagem