GRUPO MARACATU VENTOS DE OURO REFORÇA A IMPORTÂNCIA DO PROTAGONISMO DE MULHERES NEGRAS ATRAVÉS DA ARTE EM SALVADOR

Grupo feminino de maracatu na Bahia tem em seu repertório diferentes variações e arranjos, destacando a fusão com outros ritmos afro brasileiros

O Maracatu Ventos de Ouro é um grupo feminino de maracatu de baque virado, coordenado e regido pela mestra Josy Garcia há 6 anos na cidade de Salvador. O grupo é filho da Nação do Maracatu Porto Rico, nação centenária fundada em 1916 na cidade de Palmares/PE. 

Entre os principais objetivos do grupo está a necessidade de expandir a cultura do maracatu na Bahia, sobretudo no Nordeste, mas também alcançar outras regiões e espaços culturais no Brasil. Além disso, o grupo reconhece a importância de promover intercâmbios com grupos, mestres e mestras da cultura popular e batuqueiros recifenses, gerando assim uma troca de experiências e vivencias entre indivíduos e grupos praticantes de culturas populares, combatendo todas as formas de discriminação, preconceito e intolerância praticadas contra os símbolos e praticantes das culturas populares afro-brasileiras. 

O maracatu de baque virado é o estilo trabalhado pelo grupo, que executa as “loas” (canções) da Nação Porto Rico e também “loas” próprias compostas enquanto instrumento de expressão da cultura afro-brasileira, luta e resistência pelos direitos das mulheres e dos grupos de matriz africana e pela valorização da cultura afro-brasileira. 

Entre as iniciativas desenvolvidas pelo Maracatu Ventos de Ouro, na cidade de Salvador, são desenvolvidas oficinas gratuitas de percussão e construção de instrumentos, ensaios abertos, cortejos e eventos culturais, com o objetivo de difundir a cultura popular afro-brasileira e a valorização cultural. 

O Maracatu Ventos de Ouro traz a força e ancestralidade feminina para conduzir seus movimentos e fortalecer a cultura popular, também com o intuito de empoderar mulheres negras através do maracatu. O grupo faz ecoar a sua voz e dá compasso de representatividade feminina no cenário soteropolitano, sendo o primeiro e único grupo de maracatu do estado da Bahia, em longas e constantes atividades, filiado a uma Nação de Maracatu.

Entre os meses de janeiro a abril de 2021, o projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

SERVIÇO

O quê: Live Café com xs Mestrxs

Quando: Sábado, dia 30 de janeiro de 2021, às 10 horas.

Onde: Canal do Youtube Maracatu Ventos de Ouro

Link: https://www.youtube.com/maracatuventosdeouro

Equipe Canal In

Repórter / Editor: Ricardo Henrique

Foto: divulgação

Compartilhe essa postagem