ILÊ AIYÊ E FILHAS DE GANDHY ANIMAM PRIMEIRA EDIÇÃO DA FEIRA DE EMPREENDIMENTOS NEGROS SOLIDÁRIOS, NO PELOURINHO 

 

 

Ilê Aiyê, Filhas de Gandhy, cortejo de baianas, DJ Nai Sena, Banjolada e outras atrações marcarão a primeira edição da Feira de Empreendimentos Negros Solidários, agendada para acontecer nos próximos dias 7 e 8 de julho, entre 10h e 20h, na Praça Pastores da Noite, no Pelourinho.

A iniciativa, idealizada pelo Coletivo de Entidades Negras (CEN) e financiada pelo Edital Bahia Década Afrodescendente, da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), tem o objetivo de apresentar para o grande público produtos de economia solidária produzidos por empreendedores negros.

Roupas com temática africana, acessórios de beleza, cosméticos, bolsas, vestimentas religiosas, entre outros produtos estão na programação da feira, que acontecerá uma vez por mês. Durante todo o dia, os empreendimentos comercializarão seus produtos em barracas estilizadas com grafismo africano.

Culinária, música, teatro, poesia e muitas outras atrações também estão entre os atrativos do evento. Temática, a primeira edição homenageará o Dia Internacional das Mulheres Negras Latino-Americanas e Caribenhas, comemorado no mês de julho. A festa marcará, ainda, a inauguração da Loja Colaborativa do CEN, que oferecerá para o público soteropolitano e turistas que circulam pelo Pelourinho os produtos comercializados nas feiras negras.

O espaço de comercialização funcionará diariamente, das 8h às 18h, no andar térreo da sede do CEN, situado no casarão número 25 da Rua das Laranjeiras (Pelourinho). A produção dos microempreendedores também poderão ser adquiridos por meio de uma Loja Virtual, que está em fase de construção. Nela, ainda serão publicados a história de cada empreendimento participante, do CEN e outros detalhes do projeto.

Compartilhe essa postagem